Já ouviram aquela expressão, uma imagem vale mais que mil palavras?

Pois é, um bom antes e depois diz por si mesmo se um serviço é bom ou ruim. Imagine que a Ângela é uma cliente na seguinte situação: Ela está procurando um tratamento para redução de medidas, porém, não sabe ao certo qual procedimento buscar ou por onde ir. Primeiro Ângela irá perguntar a alguma amiga se essa já realizou um procedimento parecido ou até mesmo se conhece um bom lugar que oferece esses serviços. Caso sua amiga conheça, ela irá procurar primeiro o local indicado por ela em sites ou redes sociais para verificar o tipo de tratamento que ela oferece. E depois, Ângela fica com aquela dúvida, será mesmo que dá resultado?

Se você como profissional tem dúvidas, imagina a sua cliente! Porém, Ângela pesquisou o tratamento, viu que o local oferece o tratamento e depois disso ao fuçar no site ou nas redes sociais, viu vários antes e depois com comentários positivos que comprovavam a eficácia do tratamento, ela não terá como desistir de fazê-lo não é mesmo?

Um bom antes e depois, vende qualquer tratamento, alinhado as boas opiniões de quem o fez, é prato cheio para uma fila de espera em sua cabine!

Mas como fazer bons antes e depois? Abaixo, seguem algumas dicas e regrinhas para você conseguir ganhar o cliente e ter muito sucesso:

Dica 1 – Uma boa resolução:

Um aparelho de celular, pode sim fazer uma boa foto. É só calibrarmos a resolução!

Sabe quando compramos um celular e vem falando o número de Pixels na câmera? Os Pixels são responsáveis pela qualidade da imagem, o nome advém das palavras em inglês Picture e Element, ou seja, elementos da imagem que são responsáveis pela resolução. Quanto mais pixels, mais resolução terá a imagem.

Fotos tremidas não causam uma boa impressão, por isso coloque sempre seu celular na maior qualidade que ele puder. Ou se você tiver, utilize câmeras profissionais. Não se preocupe com a memória, afinal você pode colocar essas imagens para um cloud ou para o google drive, sem custos e de forma rápida e prática. O importante é se atentar a máxima qualidade e resolução que o aparelho puder ter, ok?

Dica 2 – Foco

Fotos tremidas não passam credibilidade, ao menos que a intenção seja para que cause um desconforto na pessoa. Utilizar o foco de seu aparelho, normalmente clicando sobre a tela uma vez, é muito importante para que o cliente consiga ver os detalhes e o resultado que você quer passar.


Dica 3 – Iluminação

Imagens devem ter a mesma iluminação no antes e depois, isso faz total diferença pois passa credibilidade, deixando claro seu resultado em seu trabalho e também não deixa dúvidas. Uma dica bem importante é fazer fotos com várias iluminações, com flash, sem flash, perto de uma janela, perto da porta, e assim por diante.

Assim, você consegue verificar a melhor iluminação. Na foto de depois do tratamento, ao finalizá-lo, se atente a tirar das mesmas formas, dessa maneira você consegue comparar e escolher a melhor.


Dica 4 – Enquadramento

Quando conseguimos fazer fotos que possuem o mesmo “perfil”, ou seja, o mesmo quadro ou enquadramento, por exemplo, focar no nariz com o mesmo ângulo, fazemos com que o cérebro vá para o centro que queremos e o alinhamento, passa sensações agradáveis, consequentemente positivas.

Se a intenção é mostrar um melasma, por exemplo, a importância de focar somente na área afetada, passa alinhamento ao cérebro e este entende melhor que o resultado foi positivo, não encontrando diferenciações.

Dica 5 – Aplicativos

Muitas pessoas gostam de tratar as imagens, porém o único conselho ao utilizar aplicativos de tratamento (o mais conhecido, o photoshop) é que as alterações que se façam, sejam no enquadramento, para recorte ou alinhamento, e para se acertar tamanho ou um pouco da iluminação, sem perder propriedades originais da fotografia.

Dica 6 – Direito de imagem

Por lei, toda e qualquer imagem que você for utilizar de terceiros em campanhas publicitárias ou afins, deve ter uma pré assinatura e aval da pessoa em questão. Por isso, qualquer antes e depois que você queira fazer e divulgar, tenha um contrato de uso de imagem com o cliente.

Isso te garantirá tranquilidade para comunicar seus serviços e ganhar ainda mais clientes. Outra dica importante é tampar os olhos se o antes e depois for da região facial, assim a cliente fica mais à vontade para permitir o uso de sua imagem.

de presente, te dou um termo de uso de imagem que você pode utilizar 🙂 Para baixar, clique aqui.

Ah e claro, não poderia esquecer, um bom produto e uma boa técnica! Pois um resultado bem feito, qualquer cliente identifica.

E você, o que falta para começar a vender ainda mais seus serviços?

Como fazer fotos de antes e depois que vendam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *