Manchas na peleDiversas causas estão associadas com a formação ou surgimento das manchas, que podem ser de nascença ou ocorrer com o excesso de exposição do sol. Para entender um pouco mais sobre o tratamento, primeiro temos que saber a causa e o tipo de mancha.

Melasmas são manchas uniformes, em que a coloração e a extensão estão iguais nos dois lados do rosto. Normalmente são o tipo mais comum na população, pois podem ter sua causa relacionada à excessiva exposição ao sol sem o uso de protetor solar. Quando essas manchas aparecem na gravidez, são chamadas de cloasma e estão estritamente ligadas à oscilação hormonal do período.

As manchas senis, muito comuns em pessoas acima dos 40 anos, aparecem em quem não teve uma fotoproteção ao longo da vida, podem aparecer em mãos, pescoço, rosto e braços.

Já quando esprememos limão ou outra fruta cítrica e nos expomos ao sol, surgem manchas na região onde não lavamos em água abundante. Essas manchas são chamadas de fitofotodermatites. Muito comum também é acontecer a formação de manchas após o aparecimento de acne (espinha) principalmente em jovens que não fizeram o tratamento adequado.

Virilhas, axilas e áreas intimas são locais muito comuns com manchas hoje em dia e que incomodam as pessoas, inclusive atrapalhando a sua vida sexual. A Medicatriz teve a sensibilidade de perceber essa necessidade e desenvolveu o “Intimate Clay“, tratamento específico e pioneiro.

Os tratamentos com as linhas clareadoras Clay e o Clair Visage têm mostrado resultados surpreendentes e comprovados. Profissionais de sucesso da área da saúde e beleza podem tratar essas manchas de forma rápida e indolor. Em casa o Creme Clay é usado nas manchas todas as noites, para potencializar o resultado do clareamento. É importante a associação de um protetor solar diário, pois ajuda a diminuir os efeitos nocivos dos raios solares sobre a pele.